oriki de oiá-iansã


[precária reprodução de pintura de Pedro Homero]



oriki de oiá



oiá empurra-nuvem
verte sangue cor de pitanga
na esteira onde se deita guerreia com xangô


a taça com que xangô se empapuça


oiá dona do rebojo do paiol
pomba e senhora priapéia dos raios
que chamejam ao charme
de sua cara de cabra preta


galinha vermelha que risca o chão vermelho


oiá empurra-vento
oiá no olho vermelho da tempestade


Comentários

Postagens mais visitadas